Investimento em iluminarias LED em Celorico de Basto está na fase final

O município de Celorico de Basto está a apostar, “com um forte investimento, na promoção da racionalização dos consumos energéticos na rede de iluminação pública, reduzindo os consumos de energia e as emissões de CO2”. Foi aprovada uma candidatura para a instalação de 4900 luminárias LED nas várias freguesias do concelho até ao final de 2021, sendo que o investimento está na fase final.

Esta é uma intervenção de natureza infraestrutural que utiliza “materiais e equipamentos novos, da melhor qualidade e de acordo com as especificações estabelecidas pelas normas de segurança europeia”, refere um comunicado da autarquia. Visa a substituição de 4900 luminárias que integram a rede de IP nas diversas freguesias do concelho, por um igual número de luminárias LED.

O objetivo é a poupança de 161,946,41 euros/ano na fatura de IP paga pela autarquia resultante da redução do consumo em 1.156.760 KWh/ano, mas também a contribuição para objetivos específicos e para as metas fixadas nos indicadores de resultado definidos na prioridade de Investimento do PO regional.

Esta operação, após concretização, “contribuirá para a redução em 64,8% do consumo de energia primária e a consequente redução das emissões de CO2 em 416,2 ton/ano”.

“Esta é fase final de um investimento que irá diminuir substancialmente a despesa da autarquia com a iluminação pública e em simultâneo contribuir para reduzir a pegada ecológica sem diminuir a qualidade dos serviços e recursos energéticos. Um investimento que irá abranger todas as freguesias do concelho, criando condições para uma maior eficiência energética, melhorando a iluminação pública com a utilização de energias renováveis numa altura de preocupações acrescidas com as alterações climáticas. Este é um pequeno passo que fará toda a diferença na preservação do nosso planeta”, disse Joaquim Mota e Silva, presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto.

De forma concreta, esta intervenção tem um investimento na ordem dos 857 142 euros, sendo 563 945,37 euros financiados pelo programa Operacional Regional do Norte – Norte 2020, de acordo com a candidatura aprovada, e o restante valor 293 196,64 euros suportados pela autarquia.

AVERDADE.COM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.